Arquivos EDI - Ocoren

O relacionamento entre embarcadores e transportadores é essencial para alinhar os processos e assim ajustá-los para ficarem mais ágeis e eficientes. Ou seja, é preciso manter a troca de informações fluindo bem e com uma rotina automatizada - praticamente em tempo real.

Esse intercâmbio de dados é facilitado com o uso de Arquivos EDI, que viabilizam a comunicação entre diversos sistemas utilizados pelas empresas, mesmo que eles tenham sido desenvolvidos por fornecedores diferentes. Um dos Tipos de Arquivos EDI muito utilizado chamamos de OCOREN.

A sigla OCOREN significa ‘Ocorrência de Entrega’. Trata-se de um arquivo eletrônico, em formato TXT, que, como seu nome descreve, exibe o registro de quaisquer ocorrências (eventos) durante o processo de coleta, movimentação, estocagem e entrega.

Seu objetivo principal é o de fornecer o status e a situação atual, das entregas das cargas aos clientes, informando se elas foram recebidas ou ocorreram devoluções, reentregas, cancelamentos e etc.

Com a adoção de uma tecnologia ou software de gestão de transporte (TMS) que seja capaz de gerar o arquivo OCOREN, a transportadora consegue enviar essas informações de forma mais rápida, transparente, segura e objetiva.

Tipos de arquivos EDI

  • NOTFIS contém dados sobre as Notas Fiscais;
  • OCOREN é o arquivo de ocorrência nas entregas;
  • CONEMB é o arquivo dos conhecimentos embarcados;
  • DOCCOB é o documento de cobrança enviado pelo transportador;
  • PREFAT é o arquivo com a pré fatura dos serviços.

Atenção

Cada tipo de arquivo tem sua função específica, tanto para embarcadores como para transportadores, mas não eximem as empresas de emitirem e registrarem os documentos fiscais para os órgãos competentes.

Assista o vídeo abaixo para saber um pouco mais sobre este assunto.

 

Marcos Tomaz

Analista de Sucesso do Cliente, pai do Vicente, fã do futebol bem jogado e que aproveita o simples, porque o complicado a gente resolve.

 

 

Conheça nossos eBooks

 

0 Comentarios