A arca de Noé x Titanic

Foto do autor do post Nuno Figueiredo

por

Nuno Figueiredo

30 de jun de 2020

· 4 min de leitura

· 4 min de leitura

Foto do post A arca de Noé x Titanic

Curiosidade de engenheiro, lendo o Gênesis (Gn 6,13): As dimensões da Arca de Noé seriam de cento e cinquenta metros de comprimento, vinte e cinco de largura e quinze de altura, em três andares sobrepostos.

O Titanic tinha 269 metros de comprimento, 28 metros de largura e 53 metros de altura.

Noé fez quase um Titanic!

Não entro no mérito religioso do tema. Se você acredita ou não na veracidade da história. Apenas partindo do pressuposto que ela seja verdadeira, seria um feito e tanto, mas considerando a época e a tecnologia disponível, num primeiro olhar parece ser muito difícil esse empreendimento.

Eu postei essa curiosidade num grupo de WhatsApp de uma turma de literatura promovida pelo Alex Castro. Entre os livros a serem estudados, o primeiro deles é justamente a Bíblia. No meu caso estou lendo a Bíblia do Peregrino.

Eis que do nada, um colega me envia um estudo completo a respeito da Arca de Noé.

A pedido de um grupo de criacionistas coreanos, foi feito um estudo em 1992 usando as modernas técnicas de engenharia para saber se é factível projetar uma arca dessas dimensões e se ela funcionaria.

Este estudo foi feito por um time de nove pesquisadores do Instituto

Coreano de Pesquisas Navais e Engenharia Oceânica (Korean Research Institute of Ships and Ocean Engineering-KRISO) em Daejeon, Coréia, liderados pelo Dr. Seon W. Hong.

Um fator importante é o fim a que se destina a Arca. Ela não precisa navegar, apenas se manter flutuando, isso simplifica o projeto ao não requerer curvas. Pense num grande tijolo, mais simples impossível. Algo parecido com o desenho abaixo.

Figura: Arca de Noé nas proporções bíblicas (modelwarships, 2012)
Figura: Arca de Noé nas proporções bíblicas (modelwarships, 2012)

Além de tornar a construção mais fácil, aproveita melhor o espaço interno.

No final deste artigo deixo um link deste estudo. Aqui vou me ater ao que considero mais interessante, sem entrar na complexidade da coisa.

Os pesquisadores estudaram qual seria a melhor relação entre conforto, resistência e estabilidade. Não é possível extrair o máximo desses três parâmetros, logo tem que se achar a melhor relação possível entre eles.

Entre doze combinações possíveis estudadas, as dimensões da Arca se mostraram ser a combinação ideal.

Muitos séculos depois, estudos mostram que a proporção de 10 por 1 entre comprimento e altura é a que permite suportar grandes pressões em mares agitados. Exatamente a proporção indicada a Noé.

Assim como a relação entre comprimento e largura. A de Noé tinha o comprimento 6 vezes maior que a largura. Muitos navios modernos têm proporções semelhantes.

A foto abaixo eu achei muito legal, compara a Arca com o navio de cruzeiro P&O Pacific Sky, cujas dimensões são similares ao Titanic.

Réplica em escala real da Arca ao lado de um navio de cruzeiros (Lovett, 2004)

Levando-se em conta a descrição do Gênesis, a Arca teria um volume bruto de 42.887,17 m3. Isso não diz muita coisa, mas no artigo há exemplos do que caberia nesse espaço.

A Arca poderia transportar mais de 100 mil animais do tamanho de uma ovelha. Ela poderia suportar a carga de 17 mil toneladas. Isso dá para suportar mais de 2430 elefantes africanos.

Achei isso interessante e resolvi compartilhar. Mas as descobertas não pararam por aí. Outro colega do grupo de Whats APP contou que há um parque temático nos EUA onde há uma réplica em tamanho natural da Arca, e você pode visitar! Abaixo algumas fotos.

Réplica da Arca de Noé no parque temático The Ark Encounter

Interior da Arca de Noé - The Ark Encounter

Você pode ver mais a respeito desse parque temático neste link.

O artigo que estuda a engenharia da Arca de Noé tem muitas informações interessantes, você pode ler o mesmo em www.ftbp.com.br.

Não sei se você vai achar isto tão interessante quanto eu achei, mas confesso que estou saturado de ouvir e falar de COVID.

 

Nuno Figueiredo

Engenheiro Eletrônico formado pela Mauá, MBA em Gestão Empresarial pela FGV, é um dos fundadores da Signa, onde atua desde 95. Entre outros defeitos, jogou rúgbi na faculdade, pratica boxe e torce pelo Palmeiras.

Conheça nossos eBooks

14

Ultimos comentários

Viviane Rosa

Interessante, várias informações das quais não sabia, e também nunca pensei em pesquisar, bacana, obrigada.

Ricardo pipi sacerdote

Show de bola ...........

Juliana

Juliana