Gestão de riscos no transporte de cargas

Foto do autor do post Marcos Tomaz

por

Marcos Tomaz

19 de nov de 2020

· 3 min de leitura

· 3 min de leitura

Foto do post Gestão de riscos no transporte de cargas

Se o assunto é transporte de cargas e precisamos envolver a questão da segurança, não tem como não falarmos de uma tarefa preventiva indispensável, trata-se da gestão de riscos. Ela antecipa situações possíveis, considerando todo o conhecimento acumulado pela vivência prática dos processos de uma transportadora. A contenção de riscos durante os trajetos precisa ser realizada por completo, não dependendo somente da viagem em si, mas todo o contexto que possa gerar uma situação crítica.

Você já deve ter percebido que o transporte de cargas é uma atividade complexa e exposta a inúmeros riscos, então para que o produto chegue ao destino final dentro do prazo previsto e em perfeitas condições são necessárias diversas ações preventivas e estratégicas.

Afinal, qual gerente logístico não gostaria de alcançar um transporte seguro, eficiente e de qualidade, não é mesmo? Esse é um dos grandes desafios para o setor e o segredo para o sucesso está em um bom gerenciamento de riscos no transporte das cargas.

Cada empresa deve conhecer seus desafios e aprender a trabalhar para que eles não afetem seus resultados. Assim sendo, o transporte possui suas próprias limitações e dificuldades e o sucesso da operação depende da avaliação, monitoramento e gestão eficaz dessas situações, o que, com certeza, conduzirá a uma atividade mais eficiente e segura.

Gestão de riscos

É muito mais simples e rápido administrar riscos por meio de um software de gestão do que por uma planilha eletrônica. Com ele, você pode gerenciar históricos de trajetos e responsabilidades dentro da transportadora, rastrear cargas e condutores em trajetos, monitorar a entrega de mercadorias e até receber o feedback da clientela. Uma boa ferramenta tecnológica pode amenizar a perspectiva de risco.

Prevenir é sempre o melhor investimento que sua transportadora pode fazer, pois essa ação evitará problemas futuros, além de custos com sinistro, perdas de cargas e de clientes. Há mais formas de planejar o gerenciamento de risco em transporte, conforme o segmento que a sua transportadora atenda, mas é primordial utilizar soluções que favoreçam este planejamento, como por exemplo um bom TMS (Sistema de Gerenciamento de Transporte).

No vídeo abaixo você vai conhecer outras dicas sobre o tema de hoje.

Marcos Tomaz

Analista de Sucesso do Cliente, pai do Vicente, fã do futebol bem jogado e que aproveita o simples, porque o complicado a gente resolve.

 

Links Relacionados

 

Conheça nossos eBooks

 

1000